20 de fevereiro de 2011

León

León faz parte da região de Castilla y León e geograficamente é uma das províncias com elementos mais diversificados de toda a Espanha, com montanhas altas - coberta de neve no inverno - penhascos íngremes e vales abrigados por lagos e desfiladeiros, por um lado, tem planícies regada por muitos rios. A província de León é caracterizada por ondulantes campos, montanhas e aldeias pitorescas.

A minha viagem a León foi realizada em pleno Inverno, no mês de Dezembro, considero que tenha sido uma época adequada para visitar esta região, na medida que é uma zona montanhosa que acumula neve nos seus cumes, retratando paisagens deslumbrantes.

Em León visitamos a zona histórica da cidade, bem como os arredores da região, que vou retratar em próximos post’s.

Na zona histórica começámos por visitar a Casa de Botines, projectada no século XIX pelo famoso Gaudí. As torres das laterais deste monumento fazem lembrar um castelo de conto de fadas.


Em seguida percorremos as ruas iluminadas com os enfeites de Natal e repletas de gente até chegar à majestosa Catedral de León. Esta admirável catedral gótica foi construída no século XII com duas torres cobertas com belas esculturas. No seu interior possui maravilhosos vitrais tão impressionantes à noite, quando a catedral fica iluminada, assim como de dia. O Museu no interior da catedral tem uma interessante colecção de pinturas e esculturas.


 
Perto da Catedral, encontramos a Basílica de San Isidoro, uma igreja românica. No seu interior possui um interessante museu, com esculturas, obras de arte, tecidos medievais e o magnifico panteão Real, onde num total de 23 reis e rainhas de León, 12 príncipes e princesas e 9 condes estão sepultados.


Perto da Basílica San Isidoro observamos as fortes e imponentes muralhas romanas.


Voltamos a percorrer as ruelas da zona histórica até à Plaza Mayor. Considerei-a pequena comparada com as plazas Mayores de outras cidades que Espanha que visitei. Nesta encontramos o Ayuntamiento que estava bem iluminado.


Enquanto percorríamos o calle histórico fomos passando por vários palácios, entre eles o Palacio de los Guzmanes, um edifício do século XVI de luxo com um pátio interior muito bonito, actualmente este edifício serve de sede ao parlamento provincial.

Também visitamos a Fundação Vela Zanetti, esta mansão do século XII abriga a colecção de obras do artista de renome internacional Vela Zanetti, que, embora tenha nascido em Burgos, viveu a maior parte de sua vida em León.

O Musac foi outro dos museus que visitamos, neste consta uma galeria de arte moderna impressionante com exposições de conhecidos e internacionais de artistas espanhóis.

Um pouco fora da zona histórica visitamos o Parador de León, uma das jóias da cidade. Este magnífico edifício foi originalmente uma pousada construída para abrigar os peregrinos no Caminho de Santiago. No século XV foi convertido em um mosteiro, no século XVII era usado como prisão e durante a Guerra Civil Espanhola serviu como quartel do exército. Hoje é um dos mais impressionantes hotéis de Espanha. Parte do edifício é o Museu Arqueológico de León.





A diversidade geográfica da província de León reflecte-se na gastronomia - carnes assadas, guisados - nomeadamente os maragatos cocidos - de pimentão vermelho assado, linguiça preta, batatas, chouriços e truta são todas as especialidades da área de Castilla Leon.

O que mais me fascinou nesta província, não foi a cidade de León em si, mas as zonas envolventes e os espaços montanhosos e verdejantes.

Sem comentários:

Publicar um comentário