23 de outubro de 2011

Xcaret


Os parques naturais e eco-arqueológicos são outra das atracções do México, deste modo, visitamos o Xcaret, onde tivemos a possibilidade de nadar em piscinas naturais, realizar snorkling, visitar ruinas e ter um contacto mais próximo com a cultura mexicana, entre outras actividades que passo a descrever de seguida. 

Xcaret é um parque eco-arqueológico onde encontramos evidências da cultura do México, a flora e fauna da região e podemos realizar diversas actividades como o mergulho, o snorkeling, natação com golfinhos, entre muitas outras actividades. Xcaret é o percussor da conservação do meio ambiente local e situa-se a 5 minutos de Playa del Carmen. Foi inaugurado em 1995 e é um dos parques mais visitados.

Neste parque encontramos 42 atracções entre elas: Praias, piscinas naturais e enseada; Tartarugas marinhas; Aquário de recife; Ilha dos Jaguares; Borboletário; Aldeia Maya; Voadores de Papantla; Flamingos; Rios subterrâneos; rio do paraíso; passeio de "jangada"; Quinta de criação de fauna local; Torre giratória panorâmica; Quinta de cogumelos comestíveis; Estufa de Bromelias e orquídeas; Trilha na selva tropical; Zonas arqueológicas; Ilha dos macacos aranha; Território do Tapir; Refúgio dos veados; Grutas; Jogo da Bola Prehispanico; Centro de actividades aquáticas; Lagoa das raias e tubarões; Gruta dos morcegos; Capela de são Francisco de Assis; Cemitério Mexicano; Casa dos múrmuros; Museu de arte popular, entre outras.

Passei um dia inteiro no Xcaret, porém não consegui realizar todas as actividades supracitadas.
Inicialmente visitamos o aquário marinho e fomo-nos cruzando com vários animais selvagens, contudo o calor abrasador apertava e decidimos mergulhar nas piscinas naturais e nas praias paradisíacas, onde realizamos snorkling e assistimos ao espectáculo dos golfinhos. 



















Depois de uns banhos de sol e de águas transparentes e quentes fomos almoçar num dos restaurantes do Xcaret, onde nos deliciamos com iguarias mexicanas. Em seguida passamos pela zona arqueológica e dirigimo-nos à aldeia maia onde assistimos a uma demonstração das celebrações maia. Na aldeia visitamos o cemitério mexicano e uma capela. Foi fascinante estar tão perto da cultura de uma civilização ancestral. O cemitério mexicano é colorido e as campas caracterizam os gostos, interesses e personalidades das pessoas lá sepultadas, foi impressionante vaguear por aqueles corredores e descobrir um pouco daquelas pessoas. 














Por fim, assistimos ao espectáculo nocturno que começa com uma exibição de tradicionais jogos maias. A terminar a primeira parte do espectáculo é feita uma retrospectiva sobre a história do México que termina com a chegada dos conquistadores.
Na segunda parte, é feita uma viagem pelos vários estados do México onde estes mostram o que os caracteriza, formando assim um espectáculo de ritmo, luz e muita cor. O espectáculo conta com um elenco de 200 integrantes, que apresentam danças folclóricas e canções populares.










O espectáculo termina com a canção emotiva de Luis Miguel , "Mexico en la piel":

“Asi se siente Mexico, asi se siente Mexico,
Asi como unos labios por la piel
Asi te envuelve Mexico, asi te sabe Mexico
Y asi se lleva Mexico en la piel"


Considero que o parque Xcaret concilia as riquezas do ambiente tropical com estimulantes actividades que retratam a cultura e a história do México.



Sem comentários:

Publicar um comentário