8 de novembro de 2011

Saint-Malo



Apesar de termos chegado ao nosso principal destino – o Mont- Saint-Mchel, a descoberta pela Bretanha e Normandia não terminou e depois de visitarmos St. Michel dirigimo-nos para Saint-Malo.

Saint-Malo fica situada no oeste da França, na região da Bretagne. Fica perto do Mont-Saint-Michel e do canal da mancha.
Esta é uma cidade pequena, amuralhada, localizada à beira mar e com muito movimento no seu interior.



Durante os séculos XV a XVIII, saíram muitos navios, inclusive piratas, em busca de tesouros e riquezas pelo mundo afora, o que fez com que Saint Malo ficasse conhecida como a cidade-corsária.

Iniciamos a nossa visita à cidade amuralhada pelo portão Saint Thomas, mas antes de percorrermos as ruelas internas contornamos as muralhas. Alguns espaços desta muralha foram construídos no século XII e no cimo da mesma é possível vislumbrar a cidade moderna, o estuário do rio Rance e a cidade vizinha de Dinard, em sua margem oposta.





Percorremos as ruelas da cidade apreciando as casas todas com a mesma altura e construídas com pedras de granito cinza, reflectindo harmonia.






Visitamos várias das atracções da cidade como o Forte Nacional (construído em 1689 por Vauban, foi o responsável durante anos pela protecção da cidade), o castelo de Saint-Malo, a torre Solidor e a Catedral de São Vicente. Considero esta catedral belíssima, nomeadamente o seu interior cujos vitrais coloridos iluminam o espírito do visitante. 








Saint-Malo também tem praia, mas como o nosso objetivo era conhecer o seu património cultural e histórico não usufruímos da praia.

Aproveitamos para saborear na cidade uma das iguarias francesas, os deliciosos crepes doces ou salgados. Um dos melhores que já saboreei, inigualável.

Saint-Malo é uma cidade pequena mas carregada de atracções e história.


Sem comentários:

Publicar um comentário