6 de julho de 2011

Castres

Um novo dia nascia e continuamos a descoberta pelo sul de França, começamos o itinerário pela cidade de Castres.

Castres situa-se no sul da França, e está localizada no departamento de Tarn na região Midi-Pyrénées. É o terceiro maior centro industrial da região Midi-Pyrénées.

O nome da cidade surge do latim Castrum que se traduz como lugar fortificado. Castres foi desenvolvida em torno da abadia beneditina de Saint Benoit fundada em 647 a.C.

Durante o século XVI uma das maiores fortalezas protestantes da França foram derrotados por Louis XIII, e as fortificações da cidade de Castres foram desmanteladas pelas forças de Richelieu.

Esta cidade está rodeado por belas paisagens, e no seu meio envolvente podemos encontrar campos repletos de girassóis e palácios encantadores.

A sua grande atracção são as casas situadas à beira rio, com balcões coloridos.





Ao longo do rio Agout estavam localizadas as casas de tecelões, curtidores e tintureiros, uma vez que Castres era especialista pela fabricação de têxteis.

Depois de passearmos à beira rios e de observarmos o encanto das casas coloridas e das pontes ao longo do rio Agout, dirigimo-nos para o centro da cidade, passamos por um mercado localizado na praça principal da cidade.

Em seguida visitamos a Igreja de Saint Benoit, a Câmara Municipal, o antigo Paço Episcopal, que actualmente abriga o Museu Goya, o Carrilhão de la Platé, o Teatro Municipal e o jardim e Parque de Gourjade.







O que mais me atraiu nesta cidade foi o passeio ao longo do rio onde pude desfrutar de uma bela vista e viver momentos de tranquilidade.

Sem comentários:

Publicar um comentário